Frangos

O consumo de água está diretamente relacionado a qualidade da produção de aves. Sendo que esta constitui cerca de 60 – 70% do peso de um pinto. A perda de 10% do peso por desidratação causará queda no desenvolvimento da ave, a perda de 20% da água corporal, pode levar à morte.

O fornecimento de água limpa e fresca, com a vazão adequada, é de grande importância para a boa produção de frangos. Na não ocorrência da ingestão correta de água, o consumo de ração diminuirá e o desempenho dos frangos ficará comprometido, o que significa perda para o criador.

O controle da temperatura da água nos bebedouros é fundamental, devendo ser mantida dentro das faixas recomendadas para cada lote (normalmente em torno de 20°C). Em qualquer fase do lote é importante que a água seja abundante, limpa, fresca, com boa qualidade e livre de micro-organismos patogênicos. É importante realizar exames microbiológico e mineral periodicamente na água que é fornecida para as aves, assim como a limpeza frequente dos sistemas de armazenamento de água (caixas da água e dutos condutores).

Atualmente são utilizados diferentes tipos de sistemas de bebedouros nos aviários tais como, os sistemas abertos e os sistemas fechados e suas respectivas variações. Ambos os conceitos requerem atenção do produtor para realizar o manejo adequado do fornecimento de água.

Os bebedouros de sistema aberto (pendulares), apresentam um custo normalmente inferior aos de sistema fechado, entretanto além de gerar problemas na qualidade da cama e aumento no desperdício, também são mais difíceis para manter a pureza da água, pois as aves acabam introduzindo agentes contaminantes. Para contornar este problema é necessário aumentar a mão-de-obra, mas nem sempre é possível e também aumenta as chances de falha humana.

Os bebedouros de sistema fechado (nipples), já permitem uma automação para o manejo da água e assim permitindo um melhor controle da qualidade da água fornecida. A possibilidade de contaminação da água com o sistema fechado assim como o desperdício de água é menor em relação ao caso dos sistemas abertos. Entretanto, é essencial realizar o monitoramento regular e os testes de vazão para verificar se todos os seus componentes estão funcionando adequadamente.

Água avicultura

A água é um fator tão importante no processo de produção de frangos que justifica toda a atenção necessária. O monitoramento do consumo é uma excelente maneira de avaliar também o consumo de ração, logo que os dois estão correlacionados. Este consumo deve ser avaliado diariamente, preferencialmente no mesmo horário ou em todos os momentos que for possível realizar o registro, para assim permitir determinar com maior precisão as tendências gerais de desempenho e o grau de bem-estar das aves. Na ocorrência de qualquer mudança anormal no consumo de água, esta deve ser examinada a fundo, pois podem estar ocorrendo vazamentos (aumentando o desperdício e a qualidade da cama), problemas sanitários ou mesmo com a ração. A queda no consumo de água é, com frequência, a primeira indicação de problemas no lote.

Algumas pesquisas e dados históricos do processo avícola, estimam que o consumo de água deve ser aproximadamente 1,6 a 2 vezes o consumo de ração por massa, mas deve variar conforme a temperatura do ambiente, qualidade da ração e a saúde das aves. Através do registro adequado fica mais fácil entender as condições do lote dentro de uma região específica.

Alguns estudos preveem um aumento do consumo de água em 6% para cada grau de aumento de temperatura, na faixa de 20-32°C; e um aumento no consumo de água em 5% para cada grau de aumento de temperatura, na faixa de 32-38°C. Através da medição da temperatura e consumo de água é possível entender melhor esta correlação.

Por último, mas não menos importante, o local de armazenamento de água deve ser estruturado adequadamente, para suprir a água necessária conforme a capacidade do aviário e para quando ocorrer condições de falhas no sistema principal. Para a prevenção contra condições de risco recomenda-se que o estoque de água seja equivalente a demanda máxima de água em um período de 48 horas.

O processo de manejo da produção de frangos é uma atividade complexa e requer atenção para cada detalhe. Informação rápida e clara pode auxiliar de forma significativa para o alcance da excelência na produção. Esperamos que tenha gostado desta discussão e que tenha contribuído para melhorar ainda mais o seu processo, até a próxima.

cta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *